VEJA QUAIS FATORES INFLUENCIAM O CÁLCULO DO FRETE

Para precificar um serviço, ao contrário de um produto, muitos fatores externos e condicionantes estão envolvidos. No caso dos transportes não é diferente, calcular o valor do frete é uma tarefa complicada e precisa ser realizada assertivamente. Afinal, existem muitas taxas diferentes e variáveis complexas a serem analisadas. Portanto, vamos indicar nesse texto quais são os fatores que influenciam o cálculo do frete.

Como é feito o cálculo do frete?

Para definir o preço ideal a ser cobrado pelo serviço de frete, é preciso levar em consideração um monte de fatores que mudam constantemente. Em geral, o preço do frete é determinado pela tabela de frete, proposta pela transportadora contratada. Essa tabela serve para simplificar e agilizar a precificação do frete, tornando a negociação mais precisa. Entretanto, a confecção desta tabela não é tão simples, já que ela envolve diversos de critérios que mudam anualmente, inclusive confira as atualizações da tabela de frete de 2020!

O processo do cálculo do frete é complicado, pois envolve muitos fatores que tem que ser meticulosamente analisados. Tais fatores podem ser fixos ou não e dependem das características do frete. As modalidades de frete existentes e mais comuns, são: 

  • > Frete normal
  • > Subcontratação
  • > Redespacho
  • > Redespacho intermediário
  • > Vinculado à multimodal

 

Outras características que influenciam diretamente o cálculo do preço do frete é o tipo de carga, que podem ser divididos em: carga lotação (ou carga fechada); carga fracionada; ou peso cubado.

ebook-gratis-manual-completo-do-embarcador

Taxas no cálculo do frete

As taxas do transporte também são fatores decisivos para o cálculo do frete. Estas taxas são as mais diversas possíveis e possuem um alto grau de relevância, porque elas nem sempre são calculadas no preço inicial e são capazes de alterar completamente esse preço estipulado. Taxas fixas ou extras estão muito presentes nas operações de transportes e é necessária muita atenção para identificar sua necessidade de cobrança. Sendo assim, analisar a necessidade da taxa pode fazer grande diferença no preço do frete.

Enfim, as taxas mais comuns são:

ICMS ou ISS

Este é um imposto cobrado no transporte de mercadorias entre estados (ICMS) ou município (ISS).

Frete mínimo

Aplicado nos casos em que a carga não tenha o peso mínimo necessário para a transportadora fazer a entrega.

Taxa de devolução

Valor cobrado quando o veículo precisa retornar para devolver uma encomenda que não pode ser entregue.

Taxa de reentrega

Cobrada quando é necessário fazer mais de uma tentativa para entregar o produto ao destinatário.

Ad Valorem

Ele é o seguro da carga, é calculado como um percentual sobre o valor das notas fiscais dos produtos transportados.

Taxa de armazenamento

É cobrada quando algo impede o recebimento da encomenda, mas que precisa ser armazenada até que seja entregue.

Taxa de dificuldade na entrega

É cobrada quando há variáveis que tornam a carga mais difícil de ser entregue. Por exemplo: entregas feitas fora do horário comercial ou em locais de risco.

Enfim, diversos fatores influenciam no cálculo do frete e você, embarcador, precisa estar atento à todos as variáveis que modificam o preço do frete. Afinal, é você quem pagará o preço determinado por esses fatores.
conheca-a-everlog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dicas sobre Gestão de Fretes & TMS Embarcador


Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades:

x

Fale Conosco

x

Ligamos para Você