BACKLOG NO PAGAMENTO DOS FRETES: RISCOS PARA GESTÃO

O backlog no pagamento dos fretes causado pelo acúmulo de faturas enviadas pelos transportadores certamente faz parte da agenda diária de desafios dos gestores de frete. Seu potencial de impacto é sentido em diversos setores da empresa, sendo muitas vezes responsável por desgastes na ordem fiscal, financeira e operacional. Contamina as relações com fornecedores, interfere no fluxo das atividades e sufoca a saúde financeira da logística de um empresa.

Relações fragilizadas: O drama do backlog junto aos transportes

Certamente os transportadores representam a conexão entre os seus produtos e os  seus clientes. Sua capacidade de operar de forma organizada, resulta em ganhos que reforçam o relacionamento do seu processo logístico. Quando há o acúmulo de valores pendentes, esse backlog passa a afetar todo o dinamismo existente nesta troca, gerando conflitos na harmonia entre estes ambientes de negócio, tais como:

Custos e provisão

Assim, a equação é muito simples: pagamento atrasado = juros e tarifas adicionais. Para o gestor de frete já não adianta mais “chorar pelo leite derramado”, o jeito é assumir o conflito e justificar o backlog no mês subsequente. Muito além de justificar a falha, é preciso encontrar uma boa desculpa para não levar o financeiro ao delírio. Tenso!

Risco operacional e Backlog

Portanto, quando falamos de equação, lembramos também que universo do transportador não permite muita margem para erro. Atuando em um ambiente altamente competitivo, tendo que lidar com inúmeros custos, o backlog atua de forma letal e determinante no risco operacional tanto para eles quanto para o você, embarcador.  Impedido de manter a fluidez das entregas, o impacto atinge o mais importante elemento do seu processo: seus clientes.  

ebook-gratis-manual-completo-do-embarcador

Uma carga pesada de insatisfação

Sobretudo, citamos aqui o papel dos transportadores, sendo seu pagamento a matriz para a continuidade de suas atividades. Quando seus valores estão apoiados no bom relacionamento entre você e fornecedores, o atraso nos pagamentos distancia a satisfação.

A terceirização assume seu papel

Foi comprovado que 80% das companhias ao redor do mundo se utilizam da terceirização. Os conflitos abordados possuem relação direta com serviços de outsourcing, que é uma tendência dos embarcadores de diferentes segmentos.  Porém, ainda existe a ideia isso representa um custo capaz de conflitar com os interesses estratégicos da cia. Portanto, apenas empresas empenhadas em melhorar sua qualidade de serviço, ganhos em compliance, fluidez nos processos atribuídos a visibilidade operacional e gestão de resultados passam a perceber o retorno equivalente a decisão de terceirizar a gestão dos seus fretes.

Conheça a Everlog

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dicas sobre Gestão de Fretes & TMS Embarcador


Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades:

x

Fale Conosco

x

Ligamos para Você