TABELA DE FRETE DA ANTT TEM REAJUSTES DE ATÉ 8,58%

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou, no dia 03 de março, uma nova tabela com preços mínimos para o frete rodoviário. As mudanças se deram após os recentes e contínuos reajustes no preço do óleo diesel. Assim, com o novo reajuste da ANTT, os valores do frete terão aumentos de 6,45%, 7,32%, 7,73% e 8,58%. Os valores ajustados se aplicam dependendo do tipo de carga, número de eixos, tipo de operação e distância do deslocamento.

ebook coronavirus na logistica

A tabela de frete foi criada pelo ex-presidente Michel Temer após a greve dos caminhoneiros de 2018. A paralisação que durou 11 dias e causou crise de abastecimento do país contou com uma série de demandas por parte dos caminhoneiros. Uma das reivindicações, portanto, era o tabelamento dos preços mínimos do frete.

E, como critério de atualização da tabela, ficou previsto que uma nova tabela seria publicada a cada seis meses. Ou quando a variação do preço do diesel é maior ou igual a 10%. Essa medida está prevista na Lei 13.703/2018, que no § 3º do artigo 5º estabelece: “Sempre que ocorrer oscilação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10% (dez por cento) em relação ao preço considerado na planilha de cálculos de que trata o caput deste artigo, para mais ou para menos, nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela ANTT, considerando a variação no preço do combustível“.

A nova tabela de frete da ANTT está disponível desde a última quarta-feira (03) e deve agradar os caminhoneiros. Afinal, a última tabela, publicada em janeiro deste ano, trouxe um reajuste de apenas 2,51%, abaixo do esperado pelos caminhoneiros. Para conferir a tabela de frete da ANTT e seus ajustes na íntegra, é só clicar aqui e acessar o conteúdo.
conheca-a-everlog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dicas sobre Gestão de Fretes & TMS Embarcador


Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades:

x

Fale Conosco

x

Ligamos para Você